Escândalos de plágio que grandes marcas se envolveram

Duas grandes marcas se envolveram no começo desse ano em acusações de plágio. A Gucci foi acusada de copiar um trabalho de um estudante de moda, em que o tema era aliens. Já a Forever21 foi acusada de plagiar a linha de chinelos assinada por Rihanna, para a Puma.

O diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele, passou por uma saia justa ao ser acusado de plágio por um estudante de moda da famosa escola em Londres, Central Saint Martins. As acusações eram referentes a uma nova série de vídeos da marca, inspirada em alienígenas, e segundo o estudante Pierre-Louis Auvray teria sido cópia de um trabalho feito por ele. Os vídeos da Gucci seriam parte da divulgação da campanha da nova coleção de outono/inverno 2017, e foi lançada pelo Instagram da marca.

Em seu feed do Instagram o estudante escreveu: “Os jovens criativos já lutam o bastante para que grandes empresas roubem descaradamente deles”. E não foi só Pierre-Louis que se pronunciou na rede social, até o perfil da Central Saint Martins, @BAfcsm, administrado por estudantes comentou o caso ao postar a foto comparativa: “À esquerda está o trabalho de @pierlouis7, estudante de moda feminina da Central Saint Martins, publicado há 7 semanas. À direita é um print de um post da @Gucci de ontem. Olhe para ambas as contas e escreva abaixo o que você acha disso. De onde quer que suas influências venham, é vital para o crédito.”

Alessandro Michele negou as acusações e disse que se inspirou em personagens populares de filmes como “Star Wars” e “Star Trek”.

Também no começo desse ano a Forever21 foi acusada de plágio. A Puma, outra grande marca, processou a loja fast fashion por copiar a linha de chinelos Fenty PUMA X Rihanna lançados no ano passado. Os chinelos foram desejados por mulheres de todo o mundo e em pouquíssimo tempo deram sold out. 

O chinelo slide com um laço de cetim, apresenta o laço no mesmo tecido e coloração, com uma única diferença no solado do chinelo, pois o da F21 é branco como mostra a comparação de fotos. A rede de lojas não se pronunciou sobre o assunto. E vale lembrar que não é a primeira fez que a fast fashion é acusada desse tipo de cópia, a pouco tempo a marca fez um suéter igual ao da marca Sporty & Rich e uma camiseta da Yeezy de Kayne West.

Giovanna Spilborghs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *